Radiocinéphone Type C, Nº765



Projector 16mm sonoro com rádio e gira-discos
Radiocinéphone Type C, Nº765
Cie Française du Radiocinéphone
S.A.R.A.M / Bronzavia S.A.
França, 1948-1952
CP-MC | PF2470

Aparelho misto composto por: do lado direito, porta para projetor 16mm mudo/sonoro, bobinas de 200m, som ótico, projeção sobre ecrã translúcido 32×24 cm, amplificador de som incorporado no rádio; rádio para ondas curtas, médias e extra curtas com 4 botões, um dos quais aciona os restantes mecanismos e 2 altifalantes, à direita e esquerda do painel, cobertos por tecido cor de mel e protegidos por 3 pequenas barras metálicas; do lado esquerdo, gira-discos com 4 velocidades (16, 33, 45 e 78 rotações), botão on/off com a indicação Made in England e enroladeira manual incorporada com manivela retrátil para rebobinar os filmes.

Anunciado no verão de 1948, com o slogan “As vozes e as imagens do mundo na ponta dos seus dedos em casa”, o Radiocinéphone apresentou-se como o único aparelho que permitia ouvir todos os programas de rádio, projetar em casa todos os filmes sonoros ou filmes mudos de 16 mm, e ouvir todos os novos lançamentos do disco. Entre 1948 e 1952, foram comercializados vários modelos deste aparelho com melhoramentos. Curiosamente foram fabricados numa empresa dedicada à construção aeronáutica – Bronzavia S.A.

Notas de proveniência: Este aparelho entrou nas coleções da Cinemateca através de Inês Deslandes Sampayo Melo e Castro em 1990 e, segundo sua informação, foi adquirido em Paris em 1952, pelo preço de 15 mil escudos (cerca de €75) por Gonçalo Caldeira, Conde da Borralha, com a finalidade de o oferecer a seus sobrinhos, filhos do General da Forças Armadas Portuguesas Venâncio Deslandes.


Scroll to Top