Mulheres da Beira de Rino Lupo


Disponível até 19 de março de 2021

MULHERES DA BEIRA
de Rino Lupo
com Brunilde Júdice, Mário Santos, António Pinheiro, Duarte Silva
Portugal, 1921 – 81 min
mudo, com intertítulos em português | M/12

Acompanhamento musical composto e interpretado ao piano por Nicholas McNair.

“MULHERES DA BEIRA, visto de hoje, é um filme surpreendente e, sem dúvida, o mais livre e o mais “louco” de quantos saíram dos estúdios da Invicta. Talvez Rino Lupo fosse “um improvisador” (Félix Ribeiro) “um homem com poucos conhecimentos” (Manoel de Oliveira, que ainda foi discípulo dele numa escola de actores que ele também fundou em Portugal) ou “um mau ilustrador” (António Lopes Ribeiro). Mas MULHERES DA BEIRA, como, depois, OS LOBOS, são as obras mais fortes destes anos vinte portuenses e os filmes deles que melhor resistiram ao tempo. (…)

O que sobressai neste “magnífico filme em seis partes” (como diz o genérico) é a sensualidade escancarada de Brunilde Júdice e o acerto entre a personagem e a paisagem por onde circula, nas suas idas e vindas a Arouca. (…)

MULHERES DA BEIRA, nos seus desequilíbrios e nas suas grandezas, é o primeiro filme a introduzir o verismo no cinema português. Podemos conjecturar uma hipotética formação operática de Rino Lupo. Mas, inocente ou culpada, a Traviata de Arouca que Brunilde Júdice também é, é singularíssima personagem no nosso cinema e, por força da criação da actriz e do seu enquadramento na moldura serrana, permanece como a primeira mítica mulher que ele deu a ver. (…)

E o que nos continua a ligar a MULHERES DA BEIRA é que Brunilde Júdice seja tão “vária” (a cruz e os decotes) e a paisagem tão mesma. MULHERES DA BEIRA é a primeira obra maior do cinema português.” (João Bénard da Costa)

O acompanhamento musical de MULHERES DA BEIRA foi composto e interpretado ao piano por Nicholas McNair. As sessões de gravação tiveram lugar em 16 e 17 de outubro de 2016, no auditório da Escola Superior de Música de Lisboa, sob a direção de João Ludovice.

Este filme foi digitalizado e editado em DVD pela Cinemateca e pode ser adquirido na Livraria Linha de Sombra.

Consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui.


Scroll to Top