Conjunto de vidros para Lanterna Mágica | Copper Plate Sliders “Humourous”


Conjunto de vidros para Lanterna Mágica
Copper Plate Sliders “Humourous”

Carpenter & Westley
Londres, 1823 >
Col. CPMC | PC209/000

Nesta nova rubrica, levamos até sua casa objetos e aparelhos das coleções da Cinemateca, começando por um convite para entrar no mundo maravilhoso das experiências dos “gabinetes de curiosidades” do século XIX. Estes objetos ilustram o gosto precoce pela fixação e a animação das imagens, a combinação de pedagogia e divertimento e o encontro da arte com o conhecimento científico, distraindo quer em festas familiares na sala de estar quer em grandes espetáculos públicos, fruto do trabalho de empresários do entretenimento, de cientistas, de amadores e de colecionadores.

O processo copper-plate (chapeamento de cobre) de Philip Carpenter veio revolucionar os vidros de lanterna mágica na década de 20 do século XIX, que até então eram desenhados e coloridos à mão. Este processo conferia grande precisão e uniformidade aos traços desenhados, graças à impressão em vidro do desenho pretendido, permitindo estandardizar temáticas e duplicá-las em série. Ainda assim, após a impressão, os vidros eram entregues a artistas que os coloriam à mão, um a um. A forma como era feita a montagem dos vidros no caixilho também era inovadora. Encaixados na madeira com um aro de metal, estes vidros podiam mudar de posição e ser facilmente substituídos em caso de quebra.
A série de vidros copper-plate sliders “Humourous” da coleção da CP-MC é composta por 12 caixilhos de madeira com 3 vidros cada um, com a dimensão 9,5cmx36cm.


Scroll to Top